O Blog!‎ > ‎

Dicas: Como agir após uma entrevista de emprego

postado em 8 de out de 2010 17:35 por Cristiano Guilherme Oliveira Silva
Enviar uma nota de agradecimento, mostrando que entendeu a vaga e a empresa e que está pronto para assumir o desafio, pode fazer diferença.


Em um mercado competitivo, no qual as melhores vagas são muito disputadas, os candidatos a emprego devem lançar mão de todos os recursos para causar boa impressão nos recrutadores e nos gerentes correspondentes às vagas. Nesse contexto, uma das coisas que podem fazer bastante diferença é o envio de uma pequena nota de agradecimento, capaz de demonstrar interesse pela vaga e cordialidade.

Esse pequeno gesto, no entanto, não é muito comum, principalmente entre os jovens postulantes às vagas de tecnologia. De acordo com a gerente geral do grupo de recrutamento Winter, Wyman &Company, Tracy Cashman, esse é um erro que pode fazer a diferença: se o recrutador estiver dividido entre dois candidatos, o recebimento de um agradecimento sincero e bem escrito pesará a favor de quem o enviou. Como esse tipo de ação não é tão comum, pode se tornar uma vantagem competitiva para quem adotar a prática. “Mostra cortesia, interesse pela posição e iniciativa”, afirma Cashman.

Mas, para que a ação seja realmente bem sucedida, Cashman afirma que é necessário seguir algumas regras básicas.

1 – Envie o agradecimento prontamente – Logo após o a entrevista, rascunhe a nota de agradecimento enquanto a conversa ainda está fresca na cabeça e envie no máximo em 24 horas. A nota pode e deve ser enviada por e-mail, que é mais imediato, mas deve seguir regras formais de escrita, como se fosse uma carta em papel.

2 – Seja específico e sucinto – Se a nota de agradecimento passar de três parágrafos, é melhor reduzir. Cashman diz que uma nota muito longa pode não ser lida inteiramente e, de quebra, somar pontos negativos na avaliação de sua habilidade de comunicação.
Mas, mesmo com pouco espaço, é necessário abordar os pontos-chave da conversa, indicando que você teve atenção ao recrutador e ouviu o que ele tem a dizer.

3 – Siga uma estrutura - Cashman recomenda um modelo para uma nota de agradecimento funcional e eficiente.
No primeiro parágrafo, expresse sua gratidão pela oportunidade  de saber um pouco mais das estratégias da companhia, desafios e necessidade por equipe.

No segundo, reitere porque você é um bom candidato à vaga, ressaltando que tem as habilidades desejadas e que está pronto a atender aos desafios e oportunidades que lhe foram apresentados. Mostre também que está confiante que a sua experiência trará benefícios para a organização. A meta é mostrar que o candidato entende quais são as necessidades para a posição e que seria a escolha ideal dentro desses requisitos.

No terceiro parágrafo, reforce seu interesse pela posição e pela companhia e coloque-se à disposição para novas conversas.

4 – Não erre na gramática e na ortografia – Assim como no currículo, erros na carta de agradecimento podem causar péssima impressão e provocar efeito contrário ao desejado. Revise quantas vezes for necessário.

5 – Evite o tom de desespero – Outra coisa que pode minar as chances de obter a vaga é escrever expressões que denotem desespero por um emprego.

6 – Não esqueça informações de contato – Com a excitação da entrevista, não é difícil esquecer de pedir as informações de contato do recrutador para que seja possível mandar a nota de agradecimento. Peça o cartão de visita da pessoa que realizou a entrevista ao final da conversa.

Leia mais sobre Carreira na Computerworld.

Fonte: IDG Now
Imagem: Efetividade.net

Comments